Monte você mesmo seus contratos
Monte você mesmo seus contratos
 
Segunda-feira, 02 de Julho de 2012

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

Aguarde mais uns dias!

Um site que é "a cara" dos nossos Visitantes e Clientes, tem mesmo de aproveitar, e bem, as críticas e sugestões
que diariamente recebemos!

Daí que nossa Equipe repensou completamente a forma com que nossos Clientes interagem conosco.

Como resultado, uma reformulação geral do nosso site está a caminho,
a qual se integrará ainda mais com nossos Clientes, tornando-se mais útil, além do que a montagem dos nossos Contratos ficará mais profissional!
- e
também muito mais dinâmica!

Aguarde mais alguns dias!

Contrato-demo


Você quer saber como funciona a montagem de um Contrato como o que Você mesmo vai montar?
• Como ficará o resultado?

Pois então vamos fazer uma demonstração, ao vivo!
Monte-Você-Mesmo
um Contrato-demo!
tal como um Contrato real!
Faça login, clique aqui e monte o seu!

Se preferir, veja um Contrato-demo
já pronto!
É só clicar aqui!


...Você Sabia?

...que de acordo com a "Lei do Inquilinato", nas locações contratadas por escrito pelo prazo de pelo menos 30 meses, a locação realmente termina ao fim desse prazo, "independentemente de notificação ou aviso" (prazo esse que não se aplica às locações por temporada, que têm prazo e normas legais próprias a esse respeito).
     Neste caso, ao final o Proprietário poderá valer-se da chamada "denúncia vazia".
     Daí, queremos fazer uma recomendação:
     - se o Proprietário quer, mesmo, que a locação termine ao final do prazo contratual, faça um Contrato de pelo menos 30 meses!

Matérias mais acessadas

Artigos
Jurisprudência
Notícias

No Linkedin!


A participação das "redes sociais" é um fator de integração nesta grande "aldeia global"!

Pois agora Você pode-nos seguir também no Linkedin:

Vá à parte de baixo desta coluna, e escolha entre o Facebook, o Twitter e o Linkedin!

Então, nós nos encontraremos (também) lá!

Usuários online

Nós temos 184 Visitantes online

Translate our site!

English Arabic Chinese (Simplified) French German Italian Portuguese Russian Spanish

Últimas Matérias

Testemunhos

Senhores, obrigado. O Contrato de locação ficou exatamente como eu queria! Meus parabéns.

Alfredo B Mendes
Sep 05, 2010

Siga-nos no

Facebook Twitter Linkedin

RSS: o que é isso?

RSS é atualmente a forma mais moderna e dinâmica de comunica- ção com seus Clientes.
Receba notícias e informações sem ter de receber e-mail, e portanto sem o risco de virem "SPAM's", nem vírus!

Clique aqui, e saiba mais!

 

Você sabe o que é um ''Contrato''?

Pelo Art. 104 do novo Código Civil, um Contrato é um "negócio jurídico" que, para ser "válido", deve ser
• celebrado entre Pessoas "capazes" juridicamente: sejam Pessoas "Físicas" (na sua plena "capacidade civil", ou "assistidas" ou "representadas") sejam Pessoas "Jurídicas" registradas e inscritas nos Órgãos fiscalizadores próprios,
• objetivando um negócio lícito, legal, e possível de ser realizado, e
• seguindo as formalidades legais (a venda de um Apartamento, por exemplo, não pode ser feita por Instrumento particular, mas tem, obrigatoriamente, de ser feita por escritura pública).
IMPORTANTE: se Você, ou sua Empresa, contratar com uma Empresa sabidamente irregular, nem poderá pedir a anulação do Contrato - e, se ele vier a ser anulado, nem Você nem sua Empresa sequer poderão pedir indenização (Código Civil, Art. 150)!

A aplicação prática, disso? Você verá, quando for montar-Você- -mesmo o seu próprio Contrato, com a assessoria da Contratos online.
No mundo prático, um Contrato é um "acordo de vontades" onde quem "dita as regras" (observadas, claro, as normas legais, vistas na aba anterior) é quem está na "melhor" posição:
• o Vendedor, ou Prestador do serviço, quando há poucos Concorrentes para aquele determinado produto ou serviço, ou quando há muitos Clientes (se este é o seu caso, saiba ser equilibrado, na redação do seu Contrato, para ele não ser tachado de "abusivo", e ser derrubado pelos PROCON's ou pela Justiça); ou
• o Cliente, quando há excesso de Vendedores/Prestadores de serviço similares (se este, porém, é que é o seu caso, seja bem preciso, minucioso, no detalhamento das obrigações contratadas com o Vendedor ou Prestador do serviço, a fim de facilitar a caracterização dos eventuais descumprimentos, e sua consequente correção na Justiça);
• e mais: não importa de que lado do Contrato Você esteja: não se esqueça de que "um Contrato é bom, quando é bom para ambas as Partes". Concentre seus esforços, pois, na especificação do "objeto" do Contrato — e, claro, do melhor "preço" (e modo de reajuste!)

A estrutura básica de um Contrato é — toda ela — importante:
a qualificação das Partes — importante, por exemplo, o regime de casamento do Fiador, como será detalhado mais adiante;
o objeto — é fundamental que esteja minuciosamente detalhado, para evitar divergências nas dúvidas sobre o que-ou-como deveria ser construído o bem, ou executado o serviço;
o prazo — igualmente importante que esteja bem detalhado, dadas suas óbvias implicações sobre o preço, sobre a época e os índices de reajuste, sobre a mobilização de pessoal que o executará, etc.;
o preço (e reajuste) — atenção na escolha do Índice de reajuste, para que seja preservado o "ganho", a chamada "economia do Contrato" — examine bem os gráficos comparativos da evolução dos principais Índices econômicos nos últimos 24 meses;
as responsabilidades (complementada com cláusula sobre "penalidades" pelo seu descumprimento): é o "fecho" que completará a eficácia jurídica das normas contratuais — embora deva prever também casos de "força-maior", ou mesmo de tolerância no seu descumprimento; e, em contraponto,
as garantias de que o que foi acordado, e contratado, será cumprido. Por ambas as Partes!

Por tudo isso, na hora em que Você estiver então montando o seu Contrato, tenha absoluta certeza das respostas às perguntas que o próprio sistema lhe fará (conforme o caso):
não "ache" que saiba, pois, se os inúmeros bens - que Você "acha" que o Fiador tem - pertencerem, isto sim, à sua Mulher com quem se casou pelo regime da separação total de bens, isto significará que, em caso de o Inquilino (por exemplo) não pagar, o Fiador poderá não ter como pagar... - o que quer dizer: o Credor poderá nada receber!...
e não deixe, por isso, de ler as orientações, informações e avisos ao longo da montagem do Contrato: eles chamarão a sua atenção, na época própria, para assuntos importantes, como o que acabamos de ver!...
Feito isso, preencha todas as informações necessárias — mas não se esqueça de conferi-las, todas, antes de dar seu "OK" final, e clicar em "Concluir"!

EXCLUSIVO! — uma vez concluída a montagem do seu Contrato, uma cópia dele permanecerá, permanentemente, à sua disposição! Assim, onde quer que Você esteja, bastará fazer "login" e acessar nosso "Banco de Contratos", e consultá-lo, ou mesmo "baixá"-lo para o computador que estiver à sua frente!

Mãos à obra!

Você precisa de um Contrato diferente - feito "sob medida"?


O seu caso é diferente dos demais que temos à disposição, para Você montar?
— pois então
vamos montar, juntos, o seu Contrato sob medida!
Por mais "diferente" que seja a situação específica do acerto profissional, comercial ou pessoal que Você já tiver combinado com a outra Parte, em detalhes ou não, ela deve ser regulamentada em um Contrato: no qual os seus interesses ficarão bem resguardados perante a Lei.

 

Ninguém melhor que Você, porém, sabe do que Você necessita!
O preço dos nossos serviços, específicos para o seu Contrato sob medida,
é, basicamente, de R$ 200,00 (duzentos reais) — dependendo da extensão e/ou da complexidade dos nossos serviços, conforme as opções que lhe apresentaremos.

Faça login, clique aqui e vamos montá-lo!

 

"Biblioteca" de Contratos


Fique "ligado" em tudo que interessa a Contratos!


Consumidor pagará por energia não entregue por falta de transmissão

ANEEL garantiu a três Usinas eólicas no Nordeste - que estão prontas para operar, mas não contam com linhas de transmissão para escoar a energia - o pagamento da receita assegurada em Contratos: valor será brateado aos Consumidores
Valor Econômico (www.valoronline.com.br), em 26/06/2012

 
Mulheres que fizerem parto em casa devem procurar Cartório para emitir Declaração

Essa "Declaração de Nascido Vivo" passa a valer como identidade provisória da criança
Agência Brasil (www.agenciabrasil.gov.br), em 17/06/2012

 
Honorários advocatícios de Ação com muitos Autores podem ser pagos antes que todos tenham recebido

TST, SBDI-II, RO-575-85.2010.5.09.0000, rel. originária Juíza convocada Maria Doralice Novaes
julgado em 29/05/2012 - Informativo TST 11, 06/06/2012

 
Bem recebido em doação pela Esposa responde por dívida trabalhista contraída pelo Marido

Para o TRT-MG, no regime de comunhão universal, todos os bens pertencem ao casal (Art. 1.167 do Código Civil). Sendo assim, o mesmo raciocínio deve ser adotado quanto às obrigações
Notícias Fiscais (www.noticiasfiscais.com.br), em 13/06/2012

 
Execução de Contribuições Sociais Previdenciárias contra o Empregador doméstico no processo do trabalho

Iuri Cardoso de Oliveira
Revista Jus Navigandi (www.jus.com.br), em 23/04/2012

 
Brasil propõe acordo para reduzir tarifas de "roaming"

Proposta atrai ainda mais interesse diante da mudança prevista para os próximos anos, com computação em nuvem, redes inteligentes e mobilidade
Fenacon Notícias (www.fenacon.org.br), em 28/06/2012

 
Micro e pequenas geram 75,7% dos postos de trabalho

Dez milhões de negócios devem aderir ao sistema tributário Simples até o fim deste ano
Agência Sebrae Notícias (www.agenciasebrae.com.br/), em 27/06/2012
Estadão (www.estadao.com.br), em 27/06/2012

 
Estados tiram gorjeta da base de cálculo do ICMS de bares

Convênio do CONFAZ autorizou bares, restaurantes, hotéis e similares - por ora, de alguns Estados - a excluir a gorjeta da base de cálculo do ICMS
Fenacon Notícias (www.fenacon.org.br), em 28/06/2012

 
Governo quer idade mínima para aposentadoria do INSS

Pela fórmula, para se aposentar com o teto do benefício, a soma da idade e do tempo trabalhado deve chegar a 85 anos, no caso de mulheres, e 95 anos, para homens 
Estadão (www.estadao.com.br), em 27/06/2012

 
Carta de Correção Eletrônica - Novas diretrizes

Carlos Alberto Gama
Administradores (www.administradores.com.br), em 26/06/2012

 
Definir prazo para despublicar conteúdo é perigoso

Guilherme Damasio Goulart
Revista Consultor Jurídico (www.conjur.com.br), em 26/06/2012

 
Google vence disputa judicial contra a apresentadora Xuxa

Apresentadora queria que Empresa impedisse buscas com seu nome associado ao termo "pedófila" ou semelhantes
IDGNow (http://idgnow.uol.com.br/internet/), em 27/06/2012

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 4 de 1527
 
Desenvolvido por AIT - Advice Internet Technologies
e MMConsultoria e Desenvolvimento WEB